Imprimir
Cabeçote - Desmontagem - Tempra 16V

ATENÇÃO:

1)Observar a identificação existente nas capas dos mancais de fixação do eixo comando de válvulas; a primeira capa de mancal (lado da engrenagem) e a última são identificadas através de letras, a saber:

letra A: Eixo das válvulas de admissão

letra S: Eixo das válvulas de descarga

As demais capas são identificadas através de número, devendo ser posicionadas em ordem CRESCENTE, a começar pelo lado das engrenagens. As capas com números pares (2,4,6,8) devem fixar o eixo de admissão e as capas com números ÍMPARES (1,3,5,7) devem fixar o eixo de descarga.(Na face lateral externa do cabeçote, próximo à tampa de váIvulas, existe um número que corresponde à capa que deve ser utilizada naquele mancal).


2) 0 conduite fixado sobre as capas, no lado mais próximo das velas de ignição serve para conduzir o óleo lubrificante para os mancais, portanto, deve-se observar, com atenção, o posicionamento correto das capas (o lado onde o rasgo de lubrificação comunica com o furo do parafuso de fixação da capa deve ficar voltado para o lado das velas de ignição).


3) 0 conduite de óleo sobre as capas possui uma aba em seu diâmetro interno. Esta aba deve ser montada voltada para cima, próxima à cabeça do parafuso de fixação da capa.



4) Ao se afrouxar ou apertar os parafusos posicionados sobre o conduite de óleo, deverá ser usada uma chave de boca de 13mm a fim de impedir que o conduite seja forçado a girar junto com o parafuso, evitando-se o surgimento de vazamentos e consequente perda de eficiência (pressão) na lubrificação dos mancais.

- Retirar o distribuidor e a tampa traseira do eixo comando das váIvulas de admissão, para que possa ser removido o mancal traseiro.

- Retirar os eixos de comando das váIvulas.


OBSERVAÇÕES:

1) Uma maneira fácil de se identificar o eixo de comando de váIvulas de descarga é através do rasgo existente em sua extremidade para acoplamento do distribuidor.

Verificações

As superfícies dos munhões e dos cames da árvore de comando de válvulas devem se apresentar lisas.
Se
tiverem sinais de enrugamento ou arranhões é conveniente substituir a árvore.

Obs.: Toda vez que a árvore de comando de válvulas for substituída, as pastilhas de regulagem da folga devem ser substituídas, obrigatoriamente, por pastilhas novas a fim de evitar o desgaste do eixo.

Verificar se todos os furos e canais de lubrificação dos munhões estão desobstruídos.

Verificar se as sedes da árvore de comando das válvulas não estão ovalizadas. Se a superfície das mesmas não estiverem lisas, deverá ser substituído o cabeçote.
________________________________________________________________________________________________________________
OBS.:
1) Durante a revisão, é oportuno substituir o
retentor de óleo.

2) Caso haja desgaste excessivo de algum came,desmontar o motor e lavar completamente seus componentes e condutos internos, além de substituir o comando de válvula e todas as pastilhas de regulagem.

OBSERVAÇÕES:


1) Uma maneira fácil de se identificar o eixo de comando de váIvulas de descarga é através do rasgo existente em sua extremidade para acoplamento do distribuidor.



2) Para a recolocação dos eixos de comando das válvulas, o eixo virabrequim deverá ser deslocado 90° em relação a marca 0° . Em seguida, deverão ser posicionados os eixos de comando das válvulas de forma que o excêntrico do came da última válvula (admissão e descarga) fique voltado para o lado dos coletores.


3) As capas dos mancais deverão ser posicionadas com os cuidados já mencionados anteriormente e deverão ser instaladas as engrenagens de comando (caso as mesmas tenham sido retiradas), através da utilização da ferramenta A-60474/16. Os parafusos de fixação das engrenagens deverão ser aperdos com um torque de 11,8 kgm e os parafusos de fixação das capas, deverão ser "encostados" inicialmente e em seguida, apertados com um torque de 2,5 kgm, conforme sequência indicada

4)Os parafusos tipo "Allen", indicados na figura através de letras (A,B,C,D), deverão ser apertados por ÚLTIMO, com um torque de 2,5 kgm.


- Retirar os tuchos de válvulas juntamente com os calços de regulagem.

- Utilizando as ferramentas A-33493/16; A-60644 e A-60644/16, fazer a desmontagem das válvulas.



INFILTRAÇÃO DE ÁGUA NAS SEDES DAS VELAS

VEÍCULOS: TEMPRA 16V ENTRE Nº DE CHASSI 9045620 E 9139297

Informamos que após o chassi 9139297, foram adotadas duas guarnições de nº 50006887 (lado admissão) e 50007764 (lado escape) na tampa de proteç ão das velas, com a finalidade de evitar o acúmulo de água em suas sedes prejudicando assim a queima da mistura e danificando o CONVERSOR CATALÍTICO.

TEMPRA 16V ENTRE N° DE CHASSI 9045620 E 9139297


INFILTRAÇÃO DE ÁGUA NAS SEDES DAS VELAS

Informamos que após o chassi 9139297, foram adotadas duas guarnições de nº 50006887 (lado admissão) e 50007764 (lado escape) na tampa de proteç ão das velas, com a finalidade de evitar o acúmulo de água em suas sedes prejudicando assim a queima da mistura e danificando o CONVERSOR CATALÍTICO.


Deverá ser feita a adequação com a colocação das respectivas guarnições 50006887 (lado escape) e 50007764 (lado admissão), conforme ilustração.

Para afixar as guarnições deve-se aplicar o SIGILANTE ANAERÓBICO LOCTITE 573 em cada lado da tampa para garantir a fixação das guarnições.

Obs.: Salientamos que quando o motor for lavado, deve-se secá-lo completamente antes de fazê-lo funcionar, conforme instruções já contidas na etiqueta adesiva na travessa anterior do motor.

GARANTIA HÍBRIDA
Tipo de garantia: 05
Cód. local: 10101206
Cód. operação: 1016Y00
Tempo mão-de-obra: 0.15
Inconveniente: 01

SIGI
Tipo de garantia: A 02
Cód. local: 1016 A40-1-AC
Cód. operação: 1016 A40
Tempo de mão-de-obra: 0.15

Procedimentos para cobrança do adesivo anaeróbico loctite 573

Observar que o ADESIVO LOCTITE 573 é fornecido por P & A, através do desenho nº 7077032, em embalagem de 250 ml; portanto, para calcular o valor a ser cobrado em garantia, utilizar a seguinte tabela:

Tampa das velas “c” x 0,0208

“c” - preço do loctite 573 em garantia (ver tabela de preços P & A)
Deverá ser feita a adequação com a colocação das respectivas guarnições 50006887 (lado escape) e 50007764 (lado admissão), conforme ilustração.

Para afixar as guarnições deve-se aplicar o SIGILANTE ANAERÓBICO LOCTITE 573 em cada lado da tampa para garantir a fixação das guarnições.

Obs.: Salientamos que quando o motor for lavado, deve-se secá-lo completamente antes de fazê-lo funcionar, conforme instruções já contidas na etiqueta adesiva na travessa anterior do motor.

GARANTIA HÍBRIDA

Tipo de garantia: 05
Cód. local: 10101206
Cód. operação: 1016Y00
Tempo mão-de-obra: 0.15
Inconveniente: 01

SIGI

Tipo de garantia: A 02
Cód. local: 1016 A40-1-AC
Cód. operação: 1016 A40
Tempo de mão-de-obra: 0.15

Procedimentos para cobrança do adesivo anaeróbico loctite 573

Observar que o ADESIVO LOCTITE 573 é fornecido por P & A, através do desenho nº 7077032, em embalagem de 250 ml; portanto, para calcular o valor a ser cobrado em garantia, utilizar a seguinte tabela:

Tampa das velas “c” x 0,0208

“c” - preço do loctite 573 em garantia (ver tabela de preços P & A)

DESMONTAGEM

1. Ferramenta A - 33493/16
2. Ferramenta A - 60644/16
3. Ferramenta A - 60644

1- Retire o cabeçote do veículo a ser reparado,instale a ferramenta A-33493/16 no cabeçote, fixando-o na ferramenta por meio de dois parafusos do cabeçote;
2- Retire os tuchos e as velas, instale o adaptador A-60644/16 no local da vela, regule a ferramenta A-60644 de modo a conseguir alcançar a fixação das 4 váIvulas para permitir a sua desmontagem;
3- Instale o adaptador A-60644/16 em outro cilindro e efetue a desmontagem, proceda desta maneira para os quatro cilindros.

NOTA: Uma vez regulada a ferramenta A-60644/16, é possível desmontar todas as válvulas, mudando de lugar apenas o adaptador
A-60644/16.



Verificar as especificações de carga e deformação com o aparelho Ap.5049 e confrontá-las com os dados da figura abaixo.

Verificação de carga e deformação das molas das válvulas.

1.Mola externa da válvula
2.Mola interna da válvula
3.Aparelho Ap. 5049


MONTAGEM


- Posicionar o componente Guia do retentor A60313/16 à válvula e lubrificá-lo.

- Encaixe o retentor observando o posicionamento de trabalho do mesmo.

- Retire a guia.
1. Ferramenta A-60313/16



- Posicione a ferramenta A60313/16 como na fig. ao lado, e com o auxílio de um martelo de borracha, introduza o retentor até que a ferramenta toque o cabeçote.



Caso o diâmetro interno das guias das válvulas venham a sofrer deformações com o processo de montagem, será necessário retificá-lo, mediante a ferramenta A-90313.

- Fixar a ferramenta A-90313 a um desandador n° 2.
- Observar a linearidade entre a ferramenta A-90313 e o furo do guia da válvula.
- Iniciar o processo de usinagem com movimentos suaves, sempre no sentido horário.
- Fazer uma limpeza acurada do cabeçote após a usinagem.


OBS.: Recomenda-se usar óleo de corte para lubrificação do furo a ser usinado.


1. Ferramenta A-90313



MONTAGEM

- Posicionar o guia de válvulas observando a retílinea de mesmo em relação ao furo de alojamento no caçote.

- Encaixar a ferramenta A-60486/16 no guia de válvulas, e fazendo uso de um martelo, alojar a mesma no furo até que a ferramenta toque na parte inferior do furo guia do tucho.

1. Ferramenta A-60486/16


VERIFICAÇÃO E REGULAGEM DA FOLGA ENTRE OS PRATOS DE REGULAGEM E CAMES DA ÁVORE DE COMANDO DE VÁLVULAS

- Gire o comando de válvulas até que o came esteja sem ação sobre o tucho em que será regulada a folga (came p/cima).
- Introduza a ferramenta A-60443 abaixando desta maneira o tucho (ver foto).

1. Ferramenta A-33025/16.1

4. Ferramenta A -60443



ÁRVORE DE COMANDO DAS VÁLVULAS

Verificações

As superfícies dos munhões e dos cames da árvore de comando de válvulas devem se apresentar lisas.Se tiverem sinais de enrugamento ou arranhões é conveniente substituir a árvore.

Obs.: Toda vez que a árvore de comando de válvulas for substituída, as pastilhas de regulagem da folga devem ser substituídas, obrigatoriamente, por pastilhas novas a fim de evitar o desgaste do eixo.

Verificar se todos os furos e canais de lubrificação dos munhões estão desobstruídos.

Verificar se as sedes da árvore de comando das válvulas não estão ovalizadas. Se a superfície das mesmas não estiverem lisas, deverá ser substituído o cabeçote.

OBS.:
1) Durante a revisão, é oportuno substituir o retentor de óleo.


2) Caso haja desgaste excessivo de algum came,desmontar o motor e lavar completamente seus componentes e condutos internos, além de substituir o comando de válvula e todas as pastilhas de regulagem.

Verificações

As superfícies dos munhões e dos cames da árvore de comando de válvulas devem se apresentar lisas.Se tiverem sinais de enrugamento ou arranhões é conveniente substituir a árvore.

Obs.: Toda vez que a árvore de comando de válvulas for substituída, as pastilhas de regulagem da folga devem ser substituídas, obrigatoriamente, por pastilhas novas a fim de evitar o desgaste do eixo.

Verificar se todos os furos e canais de lubrificação dos munhões estão desobstruídos.

Verificar se as sedes da árvore de comando das válvulas não estão ovalizadas. Se a superfície das mesmas não estiverem lisas, deverá ser substituído o cabeçote.

OBS.:
1) Durante a revisão, é oportuno substituir o retentor de óleo.


2) Caso haja desgaste excessivo de algum came,desmontar o motor e lavar completamente seus componentes e condutos internos, além de substituir o comando de válvula e todas as pastilhas de regulagem.

- Instale a ferramenta A-33025/16 (observando o lado) de modo a conseguir apoio sobre o tucho e o eixo de comando de váIvulas, sem interferir no prato de regulagem (ver foto).

2. Ferramenta A-33025/16.2


- Retire a ferramenta A-60443, com o auxilio da ferra menta A-60495 e um alicate de bico reto, retire o calço, faça a substituição pelo calço novo.

- Instale novamente a ferramenta A-60443, remova a ferramenta A-33025/16. Solte a seguir o tucho removendo a alavanca com cuidado para evitar choque entre o prato de regulagem e o came.

3. Ferramenta A-60495